Exame de DNA, Paternidade

Publicado em


Exame de DNA,Paternidade

O teste de DNA é basicamente é a leitura dos genes de umapessoa. Saber qual é a sua estrutura, em quais cromossomos estão localizados,se estão modificados ou danificados.

O teste de paternidade é um tipo de teste de DNA que temcomo objetivo verificar o grau de parentesco entre a pessoa e o seu supostopai. Esse teste pode ser feito durante a gravidez ou após o nascimento por meioda análise do sangue, saliva ou fios de cabelo da mãe, filho e do suposto pai.


Os principais tiposde teste de paternidade são:

Teste de paternidadepré-natal: pode ser realizado a partir da 8ª semana de gestaçãoatravés de uma pequena amostra de sangue da mãe, pois o DNA fetal já pode serdetectado no sangue materno, e comparação com material genético do supostopai;

Teste de paternidadepor amniocentese: pode ser realizado entre a 14ª e 28ª de gestaçãoatravés da coleta do líquido amniótico que envolve o feto e comparação commaterial genético do suposto pai;

Teste de paternidadepor cordocentese: pode ser realizado a partir da 29ª semana degestação através da coleta da amostra de sangue do feto através do cordãoumbilical e comparação com material genético do suposto pai;

Teste de paternidadepor vilo corial: pode ser realizado entre a 11ª a 13ª semana degestação através da coleta de fragmentos da placenta e comparação com materialgenético do suposto pai.

O material genético do suposto pai pode ser sangue, saliva ou fio de cabelo, no entanto alguns laboratórios recomendam que sejam coletados10 fios de cabelo retirados da raiz. No caso de falecimento do suposto pai,pode ser realizado o teste de paternidade utilizando amostras de sangue da mãeou do pai do falecido.



Exame de DNA aindana gravidez

O exame de DNA ainda na gravidez pode ser feito a partir da8ª semana de gestação por meio da coleta do sangue da mãe, já que nesse períodoo DNA fetal já pode ser encontrado circulante no sangue materno. No entanto,quando o exame de DNA só identifica o DNA materno, pode ser necessária novacoleta ou esperar algumas semanas para que se possa coletar outro material.

Normalmente na 12ª semana de gestação, pode haver a coletade DNA por meio da biópsia da vilosidade coriônica, em que é recolhida umaamostra de parte da placenta que contém células do feto, sendo levada paraanálise no laboratório e comparação com o material genético do suposto pai. Porvolta da 16ª semana de gestação pode-se fazer a coleta do líquido amniótico epor volta da 20ª semana, sangue do cordão umbilical.

Qualquer que seja o método utilizado para coleta do materialgenético fetal, o DNA é comparado com o DNA do pai para que seja avaliado ograu de parentesco.


Como é feito o testede paternidade

O teste de paternidade é feito a partir da análise daamostra enviada para o laboratório, onde são realizados testes moleculares queindicam o grau de parentesco entre as pessoas que se submeteram ao exame apartir da comparação do DNA. Saiba mais sobre o exame de DNA.

O resultado do teste de paternidade é liberado entre 2 e 3semanas, dependendo do laboratório em que é realizado, e é 99,9%confiável.

Onde fazer o teste de paternidade

O teste de paternidade pode ser realizado de forma autônomaou por meio de um pedido judicial em laboratórios especializados.

É importante informar na hora do exame se alguma das pessoasfoi submetida a transfusão de sangue ou de medula 6 meses antes da realizaçãodo teste, pois nesses casos o resultado pode ser duvidoso, sendo mais indicadorealizar o teste de paternidade por meio da coleta da saliva.


Perguntas frequentes

Qual médico eu preciso procurar para solicitar um exame deDNA?

Resposta: Para realizar um exame de paternidade, não énecessário passar por uma consulta médica. Basta procurar por um laboratório desua confiança e agendar o exame. Caso tenha mais dúvidas sobre genética ehereditariedade, um médico geneticista é o mais indicado.

É possível fazer teste de DNA ainda na gravidez? Como ele érealizado?

Resposta: Sim, é possível realizar o exame depaternidade antes mesmo do nascimento do bebê. O teste pode ser feito de duasmaneiras, a invasiva e a não invasiva. No exame invasivo, há a coleta delíquido amniótico ou do vilo coriônico por um ginecologista, e esse material éanalisado pelo laboratório. No exame não-invasivo, coleta-se sangue materno,como em uma coleta de sangue normal. Nesse caso são analisados pequenosfragmentos de DNA do bebê que circulam na corrente sanguínea da mãe.

Quanto costuma custar um teste de DNA?

Resposta: Os testes de DNA costumam variar entre 400 e 1.000reais. Essa diferença pode se dar pela localidade do laboratório, o número demarcadores genéticos analisados, ou o prazo do exame.

Fios de cabelo servem como material para teste de DNA?

Resposta: Sim, alguns laboratórios conseguem analisarmateriais como fios de cabelo e unhas para estabelecer o vínculo biológicoentre pessoas.Como o DNA é praticamente o mesmo em todas as células de nossocorpo, o exame pelo bulbo capilar e pelo sangue dará o mesmo resulta.

É preciso ordem médica ou judicial para fazer o teste deDNA?

Resposta: Ao contrário de exames ligados à saúde, não énecessário pedido médico ou judicial para realizar o exame de DNA emlaboratórios privados, basta agendar em um laboratório de sua confiança. Noentanto, ordens judiciais costumam ser necessárias para realizar os testescusteados pelo governo.

 


x

Preencha corretamente com dados válidos.




Data de Nascimento:
Para se cadastrar você deve ter 18 anos ou mais.




Já possui uma conta? Entrar
x

Informe seus dados de acesso para entrar.


Esqueci a Senha

Você ainda não tem uma conta? Cadastre-se!