Citomegalovírus, CMV

Publicado em


Citomegalovírus, CMV

Citomegalovírus são Herpes-vírus com altaespecificidade com relação ao hospedeiro e que pode causar infecçãono homem, no macaco e em roedores, levando à aparição decélulas grandes, que apresentam inclusões intranucleares. No caso específico dohomem, produz a doença de inclusão citomegálica. Tem sido encontrado emindivíduos com tumores benignos ou malignos, e em portadores deHIV.

O citomegalovírus (CMV) pertence à família do herpesvírus,a mesma dos vírus da catapora, herpes simples, herpes genital edo herpes-zóster. Na maioria das vezes, a infecção pelo CMV éassintomática e passa despercebida, mas mesmo nesses casos o vírus ficarálatente e poderá ser reativado casa haja uma deficiência imunológica dohospedeiro.

O citomegalovírus (CMV) é um vírus comum que pode infectar amaior parte das pessoas. A maioria das pessoas que tem a doença não percebem,pois o citomegalovírus raramente apresenta sintomas. No entanto, a infecção poresse vírus é preocupante em mulheres grávidas e pessoas com o sistemaimunológico deprimido (como quem tem o vírus HIV). O citomegalovírus é dafamília do vírus do herpes simples.


Causas

O citomegalovírus pode ser transmitido de diversas formas,por isso o vírus é tão comum. As formas de transmissão são:

Pelas vias áreas: através de tosse, espirros, fala e saliva

Sexo desprotegido

Transfusão sanguínea

Contato com objetos como xícaras e talheres, já que ocitomegalovírus não se afeta por condições ambientais

Transmissão vertical da gestante para o bebê ou através doleite materno.

Uma vez que uma pessoa entra em contato com o vírus, elepermanece no organismo por toda vida, mas só fica ativo em alguns períodos,quando se torna transmissível. Normalmente a ativação ocorre em pessoas queestão com o sistema imunológico mais fraco.

Quanto transmitido na gestação ele pode causar uma síndromecongênita de citomegalovírus, que traz diversos problemas ao bebê. Noentanto, o risco de transmissão é maior quando a mãe entra em contato com ovírus pela primeira vez durante a gravidez. Se ela já tem o vírus noorganismo antes, o risco de uma síndrome congênita é menor.


Sintomas deCitomegalovírus

As manifestações clínicas da infecção pelo CMV variam de umapessoa para outra e incluem discreto mal-estar e febre baixa. Emrecém-nascidos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido, como pacientescom aids, transplantados e pessoas em tratamento quimioterápico, ainfecção pode provocar doenças graves que comprometem o aparelho digestivo, sistemanervoso central e retina.

A infecção pelo citomegalovírus em crianças e adultossaudáveis não costuma causar sintomas.

Em alguns casos, noentanto, ele pode trazer sintomas mais simples, como:

Febre

Dor de garganta

Fadiga

Perda de apetite

Hepatite

Glândulas inchadas.

Os sintomas costumam durar poucos dias.

Importante !!! O citomegalovírus nunca abandona o organismoda pessoa infectada. Permanece em estado latente e qualquer baixa na imunidadedo hospedeiro pode reativar a infecção.

Transmissão:

O citomegalovírus pode ser transmitido das seguintes formas:

  • Por via respiratória. Tosse, espirro, fala, saliva,secreção brônquica e da faringe servem de veículo para a transmissãodo vírus;
  • Por transfusão de sangue;
  • Por transmissão vertical da mulher grávida para o feto oudurante o parto;
  • Por via sexual. Nesse caso, ele é considerado causador deinfecção sexualmente transmissível;
  • Por objetos como xícaras e talheres. Embora esse tipo detransmissão seja pouco comum, ele é possível porque o citomegalovírus não édestruído pelas condições ambientais.

É quase impossível viver sem ser infectado, em algummomento, pelo citomegalovírus. Estima-se que entre 60 e 90% dos adultos játiveram contato com o vírus. O período de incubação varia de alguns dias apoucas semanas.


Citomegalovírus embebês

Bebês que contraíram o vírus durante a gravidez da mãemuitas vezes nascem parecendo saudáveis, mas alguns podem desenvolver algunssinais com o tempo, como a perda de audição ou problemas de visão.

 

Bebês que nascem com citomegalovírus congênito e nãoaparentam estar saudáveis apresentam os seguintes sintomas:

  • Pele e olhos amarelados (icterícia)
  • Manchas na pele arroxeadas ou erupções
  • Baixo peso
  • Baço aumentado
  • Fígado aumentado e com funcionamento prejudicado
  • Pneumonia
  • Convulsões
  • Microcefalia.


Diagnóstico decitomegalovírus

 Existe exame laboratorial específico para pesquisaranticorpos contra o citomegalovírus. Os anticorpos da classe IgM estãopresentes apenas na fase aguda da infecção e os da classe IgG também aparecemna fase aguda, mas persistem por toda a vida.

Em recém-nascidos, geralmente são feitos exames de urina.

No caso de pessoas com imunidade debilitada pode serrequisitada biópsia dos tecidos atingidos para confirmar o diagnóstico.

A coriorretinitie pode ser diagnosticada pelo oftalmologistacom o uso do oftalmoscópio (aquele instrumento semelhante a uma lupa com umfeixe de luz), mas a relação com o CMV precisa ser confirmada com exames comoos citados anteriormente.

 

Citomegalovírus em pessoas com imunidade baixa

  • Já pessoas que possuem o vírus e tem a imunidade deprimidaapresentam sintomas como:
  • Febre
  • Pneumonia
  • Diarreia
  • Úlceras no trato digestivo, causando possível sangramento
  • Hepatite
  • Mudanças de comportamento
  • Convulsões
  • Coma
  • Problemas de visão ou cegueira.

 


x

Preencha corretamente com dados válidos.




Data de Nascimento:
Para se cadastrar você deve ter 18 anos ou mais.




Já possui uma conta? Entrar
x

Informe seus dados de acesso para entrar.


Esqueci a Senha

Você ainda não tem uma conta? Cadastre-se!