Bicarbonato, gasometria arterial

Publicado em


Bicarbonato,
gasometria arterial


A gasometria arterial mede o pH e os níveis de
oxigênio e gás carbônico no sangue da artéria de um paciente. Esse exame é
utilizado para verificar se os seus pulmões são capazes de mover o oxigênio dos
alvéolos para o sangue e remover o dióxido de carbono do sangue. Refere-se,
portanto, a um tipo de exame de sangue colhido de
uma artéria e que possui por objetivo a avaliação de gases
(oxigênio e gás carbônico) distribuídos no sangue,
do pH (se a informação for somente para avaliar o pH pode-se fazer
gasometria venosa) e do equilíbrio acidobásico.


Esse exame é utilizado para verificar se os seus pulmões são
capazes de mover o oxigênio dos alvéolos para o sangue e remover o dióxido de
carbono do sangue.


A gasometria consiste na leitura do pH e das pressões
parciais de O2 e CO2 em uma amostra de sangue. A leitura é obtida pela
comparação desses parâmetros na amostra com os padrões internos do gasômetro.
Essa amostra pode ser de sangue arterial ou venoso, porém é importante saber qual
a natureza da amostra para uma interpretação correta dos resultados.


Quando as artérias passam pelos nossos pulmões, elas deixam
o dióxido de carbono que é produzido na respiração celular e coletam o oxigênio
que está nos alvéolos, para então levá-lo aos nossos órgãos. A gasometria
arterial utiliza o sangue retirado de uma artéria, em que o oxigênio e o
dióxido de carbono podem ser medidos antes de entrar nos tecidos corporais.


Os valores da gasometria arterial por si só não fornecem
informações suficientes para diagnosticar uma doença. Eles não podem dizer se
os níveis baixos são causados por problemas pulmonares ou cardíacos, mas por
outro lado é ela que determina se um paciente tem ou não necessidade de
suplementação de oxigênio.


Quando escolher a gasometria arterial ou a venosa?


Quando se está interessado em uma avaliação da performance
pulmonar, deve ser sempre obtido sangue arterial, pois esta amostra informará a
respeito da hematose e permitirá o cálculo do conteúdo de oxigênio que está
sendo oferecido aos tecidos. No entanto, se o objetivo for avaliar apenas a
parte metabólica, isso pode ser feito através de uma gasometria venosa.


Indicação:


Verificar a gravidade de problemas respiratórios e doenças
pulmonares, como fibrose cística ou DPOC;

Verificar se o tratamento para uma determinada doença
pulmonar está funcionando;

Descobrir se você precisa de oxigênio extra ou ajuda com a
respiração (ventilação mecânica);

Verificar se você está recebendo a quantidade certa de
oxigênio enquanto estiver recebendo oxigênio suplementar;

Medir o pH no sangue de pessoas que têm insuficiência
cardíaca, insuficiência renal, diabetes não controlada, distúrbios do
sono e infecções graves, ou depois de uma overdose de drogas.

Uma gasometria arterial muitas vezes é feita em pacientes
que estão no hospital com doença grave ou farão uma cirurgia. O teste pode
medir o quão bem os pulmões e os rins da pessoa estão trabalhando e como o
corpo está usando energia.

Parâmetros
normais para gasometria arterial

pH:
A avaliação do pH serve para determinar se está presente uma acidose ou uma
alcalose. Um pH normal não indica necessariamente a ausência de um distúrbio
ácido-básico, dependendo do grau de compensação. O desequilíbrio ácido-básico é
atribuído a distúrbios ou do sistema respiratório (PaCO2) ou metabólico.

PaO2 ou PO2: A PaO2 exprime a eficácia das trocas
de oxigênio entre os alvéolos e os capilares pulmonares, e depende diretamente
da pressão parcial de oxigênio no alvéolo, da capacidade de difusão pulmonar
desse gás, da existência de Shunt anatômicos e da reação ventilação / perfusão
pulmonar. Alterações desses fatores constituem causas de variações de PaO2.

PaCO2 ou PCO2: A pressão parcial de CO2 do sangue
arterial exprime a eficácia da ventilação alveolar, sendo praticamente a mesma
do CO2 alveolar, dada a grande difusibilidade deste gás. Seus valores normais
oscilam entre 35 a 45 mmHg.

 

A gasometria arterial é solicitada, na maioria dos casos,
quando o quadro clínico do paciente sugere uma anormalidade na oxigenação, na
ventilação ou no estado ácido-base. Os níveis de gases arteriais também são
obtidos para avaliar alteração na terapia que podem afetar a oxigenação e a
ventilação, tal como a mudança de fração inspirada de oxigênio (FIO2), os
níveis de pressão positiva na final da expiração (PEEP), a pressão de vias
aéreas, a ventilação (mudança de frequência respiratória, taxa de fluxo,
alterações de volume corrente, pausa inspiratória, tempo inspiratória) ou o
equilíbrio ácido-base (administração de bicarbonato de sódio). 

 

Como é feito?

Uma amostra de sangue de uma artéria é normalmente feita a
partir do interior do punho (artéria radial), mas também pode ser retirada a
partir de uma artéria na virilha (artéria femoral) ou do lado de dentro do
braço acima da prega do cotovelo (artéria braquial). Você ficará sentado com o
braço estendido e seu pulso descansando em um pequeno travesseiro. O
profissional de saúde pode pedir para que você abra e feche a mão. A gasometria
arterial não será feita em um braço utilizado para diálise ou se há uma
infecção ou inflamação na área do local de punção. Caso seja necessário retirar
uma amostra da virilha, o profissional de saúde irá lhe posicionar da maneira
mais confortável.

 

Preparo para a gasometria arterial

Informe o seu médico se:

Tem problemas de sangramento ou toma anticoagulantes, como
ácido acetilsalicílico ou varfarina

Toma outros medicamentos

É alérgico a algum medicamento, principalmente aqueles
usados para anestesiar a pele

Se você estiver em terapia de oxigênio, o aparelho pode ser
desligado por 20 minutos antes do exame de sangue. Se você não consegue
respirar sem ajuda de aparelhos, ele não será desligado.



































































 


x

Preencha corretamente com dados válidos.




Data de Nascimento:
Para se cadastrar você deve ter 18 anos ou mais.




Já possui uma conta? Entrar
x

Informe seus dados de acesso para entrar.


Esqueci a Senha

Você ainda não tem uma conta? Cadastre-se!